6 dicas para melhorar a administração de pequenas empresas

6 dicas para melhorar a administração de pequenas empresas

Administrar um negócio, independente do seu porte, é uma tarefa que envolve diversos desafios. No entanto, quando se trata de pequenos empreendimentos, esses desafios muitas vezes ficam concentrados em apenas um gestor.

Logo, saber organizar todos os fluxos, processos e tarefas da pequena empresa exige algumas habilidades que podem ser aprendidas ou aprimoradas no cotidiano do administrador.

Confira, a seguir, seis dicas rápidas para você, administrador, melhorar a administração de pequenos negócios.

  • Faça planejamento Prévio

Planejar previamente as ações do pequeno negócio é o primeiro passo a trilhar em busca do sucesso. Por isso, é importante aprofundar os estudos do mercado, do público e do seu próprio negócio. É em cima desse estudo que o planejamento prévio deve ser realizado.

Na realização do planejamento, é importante definir metas e objetivos, assim como as estratégias para alcançá-los. Além disso, não pode esquecer da elaboração de um completo planejamento financeiro.  

  • Controle o Fluxo de caixa

Falando em financeiro, lembre-se de controlar todas as despesas e receitas da pequena empresa. Isso te possibilita ter um olhar dimensional das contas do negócio e, consequentemente, te possibilita ter uma administração mais eficaz. Esse cuidado é muito importante, pois, em pequenos negócios, que geralmente têm verbas limitadas, qualquer descuido no fluxo de caixa pode trazer danos severos à rentabilidade do negócio.

  • Alerta aos empréstimos

Muitos administradores acabam vendo os empréstimos como uma alternativa para conseguir dinheiro e investir nos pequenos negócios. Embora, em alguns momentos, possa ser necessário, em outras ocasiões o empréstimo pode complicar a administração e o controle financeiro da empresa. Para evitar isso, é importante ficar sempre atento às taxas de juros que os bancos ou financiadores ofertam, além das condições e prazos de pagamento. Ou seja, antes de pegar empréstimo, faça simulações de todas as variáveis e quanto você ficará devendo ao solicitar o empréstimo. Analise também se a sua pequena empresa gerará receita suficiente para cobrir o crédito ao longo dos pagamentos da dívida.

  • Use a tecnologia no gerenciamento do negócio

A administração de pequenos negócios, como citado, envolve diversas atividades ao gestor. No entanto, a tecnologia pode simplificar e agilizar, de forma eficiente, a execução dessas tarefas. Para isso, basta utilizar softwares de gerenciamento de negócios disponíveis no mercado. Essas ferramentas automatizam diversas tarefas, além de melhorar o controle sobre o fluxo de caixa e dar um  um panorama geral sobre a situação administrativa da empresa, entre outros recursos.

  • Atualize-se sempre

O estudo de todos os fatores do negócio não deve ser feito apenas no planejamento. Pelo contrário, é importante que o administrador siga sempre se atualizando, acompanhando todas as mudanças que envolvem a área do negócio, mercado, público.

Ao acompanhar as atualizações, o administrador encontrará oportunidades para o seu negócio, ou enxergará, também, ameaças e poderá criar estratégias para mitigá-las. Afinal, empresas que não mapeiam as atualizações do setor e se preparam para os desafios, dificilmente terão progresso no mercado. E temos exemplos de sobra disso, como foi o caso da Blockbuster, da Xerox, Kodak, entre outras.

Essas cinco dicas foram extraídas da Associação empresarial da Região Metropolitana de Florianópolis (AEMFLO).

Pensando em como minimizar os riscos dos administradores que estão iniciando um pequeno negócio, o gerente acadêmico da Faculdade Administradores de Valor, Wallace Portilho, acrescenta mais uma importantes recomendação, a diluição de capital.

  • Diluição do capital

Segundo Portilho, o pequeno negócio vem como uma ótima oportunidade, oportunidade de aprendizado e de experiência para os novos administradores. Uma forma de aproveitar isso é diluindo o capital a ser aplicado e investir em outros pequenos empreendimentos. Isso, segundo ele, diminui o risco, em especial, da sazonalidade de cada negócio.

“Muito importante para quem está começando na carreira de administração é reduzir os riscos devido à alocação dos recursos; alocar os recursos de um negócio só muito grande é ruim. Isso porque pode-se ter algum tipo de problema, sazonalidade, ou realmente o mercado dentro do negócio que ele está abrindo não absorve e o administrador perde todo o recurso que ele alocou”, explicou Portilho.

Redes Sociais

Atendimento

Atendimento de segunda a quinta-feira das 08:00h às 18:00h e sexta-feira das 08:00h às 17:00h (Exceto Feriados)

Telefones:

    • 0800 602 6660

Whatsapp:

Email:

relacionamento@administradoresdevalor.com.br

Dúvidas:

ictqresolve@ictq.com.br

Endereço

Campus I:

Rua Barão de Cotegipe nº 266, 6º andar, Caied Tower - Centro - Anápolis/GO CEP

CEP: 75025-010

Campus II:

Av.Presidente Kennedy, 863, QD. 32 LT 12/13, Maracanã - Anápolis - GO

CEP: 75040-040

Fale conosco